Categorias
Sem categoria

Hippolyte Léon Denizard Rivail

Allan Kardec nasceu Hippolyte Léon-Denizard Rivail, em 03 de Outubro de 1804 em Lyon, França, no seio de uma antiga família de magistrados e advogados. Educado na Escola de Pestalozzi, em Yverdum, Suíça, tornou-se um de seus discípulos mais eminentes.
Foi membro de várias sociedades sábias, entre as quais a Academie Royale d’Arras. De 1835 à 1840, fundou em seu domicílio cursos gratuitos, onde ensinava química, física, anatomia comparada, astronomia, etc.
Dentre suas inúmeras obras de educação, podemos citar: “Plano proposto para a melhoria da instrução pública” (1828); “Curso prático e teórico de aritmética (Segundo o método de Pestalozzi)”, para uso dos professores primários e mães de família (1829); “Gramática Francesa Clássica” (1831); “Programa de cursos usuais de química, física, astronomia, fisiologia”(LYCÉE POLYMATIQUE); “Ditado normal dos exames da Prefeitura e da Sorbonne”, acompanhado de “Ditados especiais sobre as dificuldades ortográficas (1849).
Por volta de 1855, desde que duvidou das manifestações dos Espíritos, Allan Kardec entregou-se a observações perseverantes sobre esse fenômeno, e, se empenhou principalmente em deduzir-lhe as consequências filosóficas.
As suas principais obras espíritas são: “O Livro dos Espíritos”, para a parte filosófica, e cuja primeira edição surgiu em 18 de Abril de 1857; “O Livro dos Médiuns”, para a parte experimental e científica (Janeiro de 1861); “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, para a parte moral (Abril de 1864); “O Céu e o Inferno”, ou “A Justiça de Deus segundo o Espiritismo” (Agosto de 1865); “A Gênese, os Milagres e as Predições (Janeiro de 1868); “A Revista Espírita”, jornal de estudos psicológicos.
Allan Kardec fundou em Paris, a 1º de Abril de 1858, a primeira Sociedade Espírita regularmente constituída, sob o nome de “Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas”.
Casado com Amélie Gabrielle Boudet, não teve filhos.
Trabalhador incansável, desencarnou no dia 31 de março de 1869, em Paris, da maneira como sempre viveu: trabalhando.

Fonte: Rádio Boa Nova

Por Michael

Sacerdote Umbandista, dirigente da Tenda de Umbanda Xangô 7 Raios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s